O que é e como fazer compostagem?

O processo de compostagem nada mais é do que um procedimento natural de transformação de matéria orgânica em compostos mais simples que poderão ser utilizados como nutrientes para as plantas. Se formos analisar uma floresta, saiba que cada um dos resíduos, seja ele de origem animal, ou ainda vegetal, deverá ser reaproveitado por um ecossistema como uma fonte de nutrientes para as plantas, o que em última análise serve como um tipo de sustentáculo da vida terrestre.

No sistema de compostagem doméstica, iremos fazer na nossa casa tudo o que a natureza poderá levar fazendo milhões de anos. É importante que esperemos e fornecemos as condições devidamente adequadas para executar este tipo de processo.

Quem realiza o processo de compostagem?

Saiba que a compostagem é realizada através dos próprios microorganismos que estão presentes nos resíduos em condições determinadas e ideias de temperatura, bem como aeração e umidade. Estes por sua vez vão decompor e estabilizar os compostos constituintes dos materiais, liberando a partir disto o dióxido de carbono e os vapores de água. Em contrapartida, para acelerar os processos, é possível se adicionar ainda mais micro organismos.

O processo de compostagem gera odores indesejáveis?

Caso o processo seja realizado de forma correta, ele não deverá gerar nenhum tipo de odor indesejável, voltando ao exemplo da floresta, onde temos uma grande quantidade de matérias em processo de decomposição, o cheiro é agradável, já que na floresta acontece uma decomposição determinada na presença do ar, o que é também chamado de aeróbica. Neste processo apenas deverá ser liberado o dióxido de carbono, e o vapor de água, os dois tipos de gases que são considerados inodoros.

A partir do momento que a decomposição acontece, sem a presença do ar, chamamos de anaeróbia, nesta situação acontece uma putrefação da matéria, liberando geralmente o metano e sulfato, bem como gases com odores desagradáveis.

Para fazer uma compostagem em casa por exemplo, o interessante é que se encha a composteira de uma única vez, em contrapartida, a maioria das vezes não é possível fazer isto. Nestas situações necessitamos de duas composteiras ou ainda uma composteira que seja dupla. Em uma delas, podemos direcionar o lixo, e na outra deixamos o material que deverá ser compostado.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *